11 de setembro de 2013

A Batalha do Apocalipse - Resenha Crítica

Olá pessoal!

Estou aqui mais uma vez para terminar de uma vez por todas a minha série dos melhores livros que já li na minha vida. A primeira posição ficou para o livro que começou toda a minha história com a leitura, e vocês podem ver a continuação dele aqui neste post! Vamos lá com A Batalha do Apocalipse, do Eduardo Spohr!





Titulo: A Batalha do Apocalipse

Autor: Eduardo Spohr

Editora: Verus

Número de páginas: média de 586

Avaliação do conteúdo: 5/5
                       Capa: 5/5
                       Diagramação: 5/5







SINOPSE

Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.

Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo.

Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense.

RESENHA

Bom, acredito que eu não posso deixar de contar a minha história com esse livro. Eu realmente não gostava de ler absolutamente nada, só de ouvir falar de livros já me dava arrepios, até porque onde estudei nós eramos obrigados a ler diversos livros que, de fato, não podem ser considerados uma "leitura interessante". Cheguei a comprar um livro por conta própria certa vez, mas acabei abandonando a leitura pela metade. Após algum tempo, eu vi a edição especial deste best-seller na livraria e fiquei intrigado com o que ele poderia conter, gostei da sinopse e acabei comprando. À partir deste dia eu não consigo passar um mês sequer sem ler um livro novo, então posso dizer que Eduardo Spohr me trouxe para o mundo da leitura e eu sou eternamente grato por isso, e é justamente por esta causa que este livro ocupa a posição número 1 na minha lista!

Quem já viu minha resenha de Filhos do Éden sabe que o estilo de escrita é basicamente o mesmo, porém, no caso deste livro, a história e os personagens cativam muito o leitor. Algo interessante que virou padrão do escritor é que os personagens são profundos, tem uma história bem complexa que liga outras histórias juntamente a dele, porém seu perfil social e mental vai mudando à medida que o livro se desenrola. Isto é algo que deveria ser padrão na maioria dos livros, porém é realmente difícil prever e criar um perfil mental do personagem logo no começo do livro que vai se desenrolando até o fim dele de maneira continua e sem falhas. Neste quesito não posso negar que o autor fez um ótimo trabalho.

Além de contar o presente do livro, ou seja, os fatos que estão se desenrolando no momento, o autor tira um tempo para contar o passado dos personagens. Existem capítulos inteiros dedicados ao passado do personagem principal nos seus incontáveis anos de vida como anjo, os quais, na minha opinião, são os que levam o leitor a uma das mais prazerosas experiências vividas em uma leitura; você consegue se imaginar em Roma, Babilônia e em outros muitos lugares do globo em tempos remotos, vendo como deveria ser a vida daquelas pessoas e como elas reagiam à presença de tais seres.

Outro padrão que é notável no autor é a complexidade do seu "universo particular" , o Spohrverso começou a ser criado neste livro, porém, mesmo assim, já podemos notar uma complexabilidade de detalhes e regras "naturais" que anjos, demônios, humanos e qualquer outro ser deve seguir para que possa viver. O leitor também deve se acostumar a este fato, portanto, é necessário aprender algumas coisas deste universo ao longo do livro. Já me deparei com resenhas e teorias bem interessantes para o mesmo.

Toda a história tem um início, um meio e o fim bem definidos, ou seja, palavras não ficam jogadas ao vento e nada fica sem ser explicado. Cenas de batalhas, lutas e guerras de tirar o fôlego populam grande parte da narrativa, dando um toque de ação em meio a fantasia, e a presença da personagem feminina adiciona o romance necessário para que o equilíbrio seja perfeito!

Para todos que gostam de fantasia, este é o melhor livro do gênero que já tive o prazer de ler, recomendo e indico a todos que desejarem ter uma experiencia única! Quem quiser saber mais sobre toda a série de livros do autor pode entrar em www.filhosdoeden.com

Abraços
Lucas.


20 comentários :

  1. Parabens!!!!
    Admiro as pessoas que gostam de ler, vc é uma delas.
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  2. Oieeeee ♥,Vim retribuir sua visita ....
    Acho super bacana as suas indicações, confesso que sempre amei ler,mas escrever sempre foi meu ponto forte.Hoje em dia não consigo mais tempo,quando tenho acabo me dedicando ao blog,ai fica quase impossível ler,malé mal tô lendo meus e-mail kkkkk.
    O livro deve ser muito bom mesmo,gosto de livros que nos fazem viajar,ficar nas mesmices ás vezes não desperta o interesse em ler né?

    Bjão ♥
    paulinhaeasmulheres.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá ;D
    esse livro deve ser bom
    bom final de tarde!!

    bjim
    http://esmaltechic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Adorei a resenha Lucas, muito bem trabalhada.
    Eu já conhecia o livro, já tinha visto muito sobre ele.
    Não sabia que era tão bom assim. Apesar de que tudo que eu li a respeito era falando bem!
    Vou procurar saber mais.
    Beijos

    http://elaeseuslivros.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  5. Adoreiii teu blog é lindo!!
    Ja tou seguindo se puder retribuir vou amarrr
    bjssss
    http://dicasdadeborahyoumakeit.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Só a capa já me chamou muita atenção! haha Fiquei curiosa pra saber da história

    Beijoos, Ana Carolina.
    http://simplesglamour.blogspot.com
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  7. Ahhhh vim retribuir a visita e amei o seu blog e é claro que estou seguindo. Gostei de sua resenha, estou com esse livro em minha estante já faz um tempo e quero muito ler ainda esse ano rsrs. Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela resenha Lucas! Já li A Batalha do Apocalipse e curti bastante. Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  9. Eu também entrei nesse mundo da leitura muito em razão de A Batalha do Apocalipse. Tanto que pra mim é um sonho ter ele aqui, autografado. Fico toda emocionada de lembrar que conheci o Spohr. <3

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  10. Oie Lucas =)

    Eu tenho uma relação de amor e ódio com esse livro. Gostei muito da estrutura que o autor deu para história, mas achei o livro em si enrolado e arrastado demais. E o final que deveria ser tipo "um máximo" foi bem fraquinho em minha opinião =/

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  11. Não leio muitos livros mais essa resenha foi de me deixar com muita vontade e curiosidade de ler!

    xoxo

    http://www.janainabarroso.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Ai super legal sua história! Eu também sou completamente apaixonada por esse livro! Demora um pouco pra pegar o ritmo por conta dos nomes e denominações, mas depois é impossível largar, mesmo com o grande numero de paginas!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Se não me engano minha mãe leu esse livro!

    Sabe que não tinha percebido a semelhança dos vestidos com Jogos Vorazes? ahahaha. Depois que você falou que me deu uma luz!

    beijocas

    ResponderExcluir
  14. Muito legal que esse livro tenha conseguido te trazer para o mundo da leitura, um livro assim merece atenção. Pena que a minha pouca experiência com livros do Spohr não tenha sido das melhores. Tentei ler Filhos de Éden e não consegui terminar até hoje. Quero terminar mas depois de tentar várias vezes e não conseguir, desanimei um pouco. Mas ainda quero concluir.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  15. Ei Lucas,

    Este livro é muito bom, eu amei quando li.
    Eu não acho que Filhos de éden é exatamente continuação ne, apesar de ser no mesmo universo e tal, eu preciso agora do Anjos da morte que ainda não tenho.
    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade a história veio antes deste, porém o livro veio depois, então é uma continuação como cronologia mas a história é anterior.

      Excluir
  16. Ainda tenho que ler, sempre leio resenhas elogiando essa autor e ainda não li nenhuma obra dele.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir
  18. Estou com esse livro parado na a um bom tempo na estante e seus cometários renovou meu interesse pelo mesmo,no mais venho aqui tbm indicar para vc os livros de Andre Vianco.

    ResponderExcluir

Críticas são importantes, até mesmo as negativas! Então, não deixe de criticar por aí!