16 de agosto de 2013

Filhos do Éden - Resenha Crítica

Olá pessoal! Tudo bem com vocês?

Estou um pouco sumido do blog, porém voltei para postar mais uma das minhas resenhas. Desta vez escolhi uma das melhores séries que já li, Filhos do Éden. A série é do mesmo autor de um dos melhores livros que já li e por isso quero compartilhar com vocês o que achei sobre os dois primeiros livros. 




Titulo: Série Filhos do Éden
Livro 1 - Herdeiros de Atlântida
Livro 2 - Anjos da Morte
Livro 3 - Paraíso Perdido (não lançado ainda)

Autor: Eduardo Spohr

Editora: Verus

Número de páginas: média de 580

Avaliação do conteúdo: 5/5
                       Capa: 5/5
                       Diagramação: 5/5



Sinopses

Livro 1:


Há uma guerra no céu. O confronto civil entre o arcanjo Miguel e as tropas revolucionárias de seu irmão, Gabriel, devasta as sete camadas do paraíso. Com as legiões divididas, as fortalezas sitiadas, os generais estabeleceram um armistício na terra, uma trégua frágil e delicada, que pode desmoronar a qualquer instante.

Enquanto os querubins se enfrentam num embate de sangue e espadas, dois anjos são enviados ao mundo físico com a tarefa de resgatar Kaira, uma capitã dos exércitos rebeldes, desaparecida enquanto investigava uma suposta violação do tratado. A missão revelará as tramas de uma conspiração milenar, um plano que, se concluído, reverterá o equilíbrio de forças no céu e ameaçará toda a vida humana na terra.

Juntamente com Denyel, um ex-espião em busca de anistia, os celestiais partirão em uma jornada através de cidades, selvas e mares, enfrentarão demônios e deuses, numa trilha que os levará às ruínas da maior nação terrena anterior ao dilúvio – o reino perdido de Atlântida.

Livro 2:


Desde eras longínquas, os malakins, anjos estudiosos e sábios, observam em silêncio o progresso do homem. Mas eis que chega o século XX, e com ele as armas modernas, a poluição das indústrias, afastando os mortais da natureza divina, alargando as fronteiras entre o nosso mundo e as sete camadas do céu.

Isolados no paraíso, incapazes agora de enxergar o planeta, esses anjos solicitaram a ajuda dos “exilados”, celestiais pacíficos, que havia anos atuavam na terra. Sua tarefa, a partir de então, seria participar das guerras humanas, de todas as guerras, para anotar as façanhas militares, os movimentos de tropas, e depois relatá-los a seus superiores alados.

Sob o disfarce de soldados comuns, esse grupo esteve presente desde as praias da Normandia aos campos de extermínio nazistas, das selvas da Indochina ao declínio da União Soviética. Embora muitos não desejassem matar, foi isso o que lhes foi ordenado, e o que infelizmente acabaram fazendo.

Repleto de batalhas épicas, magia negra e personagens fantásticos, Filhos do Éden: Anjos da Morte é também um inquietante relato sobre o nosso tempo, uma crítica à corrupção dos governos, aos massacres e extremismos, um alerta para o que nos tornamos e para o que ainda podemos nos tornar.

Resenha

Por anos, Eduardo Spohr vem criando livros que fascinam todos os fãs de ficção. Seu best seller, com o nome de "A Batalha do Apocalipse", um romance sobre anjos e demônios, vendeu milhares de cópias, uma das quais sou um orgulhoso dono. Após o sucesso de seu primeiro livro, o autor decide continuar a história com Filhos do Éden seguindo a mesma temática no mesmo universo ficcional.

Os livros contam diversas histórias de diversos personagens diferentes em um tempo que é anterior ao do livro "A Batalha do Apocalipse", logo, estamos vivendo o passado de uma era que conta a história dos bastidores e de como tudo foi se encaixando para que, no final, o best seller pudesse ter acontecido.

O mais interessante de toda a história é o fato de que cada um dos livros é escrito de forma diferente, por exemplo, o primeiro livro leva mais foco na história e nos fatos dela, ou seja, a história é muito mais importante do que os personagens que nela se encontram. Já no segundo livro, quem leva a atenção principal um personagem chamado Character-Driven, que é a escrita voltada para o desenvolvimento de perfis sociais do próprio personagem principal e daqueles que o rodeiam, neste caso o personagem é muito mais focado do que a história em si, os detalhes de lugares são mais escassos e o autor da mais liberdade a sua imaginação, deixando que você mesmo cria o restante dos mundos que ele não criou.
Além de todos estes detalhes, é claro que também não podemos deixar de falar da história em si. O chamado Spohrverso (que foi muito abordado em diversos NerdCasts do blog Jovem Nerd), é o mundo onde o livro se passa, sendo extremamente complexo e que exige que o leitor tenha de ter lido todos os livros do autor para entender completamente.

Toda essa história de anjos e demônios realmente me fascina, mas o que me deixa mais fascinado ainda é o fato de que Spohr descreve estes seres como sendo quase humanos (claro, não vamos contar os poderes e tudo mais), ou seja, diferentemente dos livros de anjos onde eles são considerados criaturas divinas e blá blá blá. Em Filhos do Éden (e também em A Batalha do Apocalipse) eles são tratados como sendo pessoas um pouco mais especiais, sujeitas a erros e a decisões ruins, vemos isto o tempo todo acontecendo durante a história, assim como também vemos o modo como os fatos terrenos interagem e modificam a cabeça e o pensamento dos personagens, mesmo eles sendo anjos, as vezes nem lembramos que eles são anjos...

Vocês já devem ter percebido que eu sou um grande fã do Eduardo Spohr e do seu modo de escrever. Na verdade, foi ele que me iniciou neste mundo da leitura e, por causa disso, Filhos do Éden e A Batalha do Apocalipse são meus livros de cabeceira, não só pelo fato de que ele sabe equilibrar muito bem os capítulos da história para que ela se encaixe perfeitamente no livro, mas também porque ele consegue equilibrar os gêneros literários de ficção, romance e fantasia em uma mistura perfeita de emoção, sabendo que muitos de seus leitores não se interessam por alguns destes gêneros, mas ainda sim é uma excelente história.

Para todos aqueles que gostam de uma boa história de ação, ficção e com aquela pitada de romance que todo o livro merece então não há outro livro a não ser estes!

Abraços!
Lucas.

27 comentários :

  1. Olá!
    Já li e gosto, há uma mistura perfeita entre fantasia e realidade que mexe com a imaginação da gente. Nos cria uma certa expectativa e que nos remete a lugares nunca imaginados.
    Bom demais!!!
    Bjs e excelente final de semana
    Ritinha

    ResponderExcluir
  2. Eu ainda não li os livros. Mas parecem ser muito bons. Primeira pessoa que vejo falar deles é vc. Mandou bem na resenha Carol.
    Bjokas

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não li nenhum dos dois, mas tenho pretensão se ler depois, parece excelente, todos falam bem. Interessante essa quetão do foco em cada livro.

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Talvez até meu marido curta lê-lo, eu fiquei instigada pela resenha, vai para minha listinha enorme dos a serem lidos.

    Bjos,

    Mony
    Um blog sobre esmaltes

    ResponderExcluir
  5. Muito bom mesmo eu ja li e ótimo eu amei seu cantinho aki e perfeito to seguindo e ficaria muito feliz se seguisse o meu blog tambem
    Beijos Maria
    Complicada & Imperfeita* Adolescente*

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol :)
    Tenho visto muito falar sobre esse livro. Vi ele na livraria e adorei a capa e a sinopse. Eu ate li uma resenha ótima sobre esse livro!
    Ouvi dizer também que a escrita dele é muito boa.
    Beijos

    http://elaeseuslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ei Lucas,

    Eu amei A batalha do apocalipse e gostei muito de Filhos do Éden. Ainda não tenho este segundo, mas quero muito ler.
    Agora eu acho que perco metade destas influências nerds, não entendo nada destas comparações que o pessoal faz no Jovem nerd, nem tento assistir rsrs.
    abs

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li nada do Eduardo, mas sempre tive vontade de ler A Batalha do Apocalipse, pois sempre via alguém elogiando e eu só ficava na curiosidade. Ainda pretendo ler, no futuro, algo do autor.

    Sua resenha ficou ótima!
    Beijos.
    http://umajovemleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Já faz muito tempo que vi este livro e fiquei com muita vontade de lê-lo. Agora com a sua resenha esta vontade só aumentou, adoro livro de ficção que mistura guerra e romance.

    Abraços

    reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi lindo, tudo bem?
    Confesso que tenho vontade de ler este livro, mas não está dentro das minhas prioridades.
    Mesmo assim pretendo ler..rs
    Me animei um pouquinho com a sua descrição.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá! Esses livros parecem muito bons... Adorei o comentário de que cada um tem uma abordagem, isso despertou ainda mais a minha curiosidade!

    Abraços, Isabela!

    www.universodosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Ameeeeeeeei o seu blog e o jeito que tu escreve! Mas esse livro não chamou a minha atenção!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Adorei a resenha é bom esse livro pelo jeito,
    amei o post..
    beijinhos+beijinhos.

    http://sabrinielo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Eu ainda não li, mas quero muito. Comecei a ler o primeiro livro do Eduardo e gostei bastante.

    Beijos,
    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
  15. não ~e muito o tipo de livro que eu leio, mas me pareceu interessante.. ja ta na minha lista..

    www.leituraseresenhas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  16. nossa super interessante. http://anavidadeestilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. deve ser bom, todo mundo está falando dele, vou ler! obg pela dica. bjs

    ResponderExcluir
  18. Dá pra perceber o seu fascínio pela série! Adorei a resenha. Não sei se eu leria o livro, não faz muito o meu tipo, mas ao mesmo tempo me causou uma curiosidade imensa! Então acho que não compraria, mas com toda a certeza o leria, haha.
    Bom fim de semana!
    http://literallypitseleh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Não é exatamente o tipo de livro que eu estou acostumada a ler, o tipo de enredo, mas me pareceu interessante. Curioso. Acho que vou dar uma procurada, mal não vai fazer, ler sempre é bom. Boa dica!
    Beijos.

    http://paposdegurias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Parece ser lindo, adorei!

    Beijoos, Ana Carolina.
    http://simplesglamour.blogspot.com
    Instagram: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  21. Eu tenho muita vontade de ler essa série, apesar de não fazer muito o meu estilo de leitura.
    Adorei sua resenha.

    Beijocas,
    http://www.segredosentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Tem post novo no blog, vem ver...
    :)
    http://www.starfashionmakeup.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Eu não conhecia essa série, acredita??
    Das duas resenhas que li, acho que iria gostar mais de Anjos da Morte!

    Beijão da Pretinha

    http://pretapretinhablog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Hey
    Super me interesso pelos livros do autor.
    As histórias parecem ser bem inteligentes, e envolvem anjos, que adoro!

    Parabéns pelas resenhas!

    bjs

    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  25. Olá! Marcamos o seu blog em uma TAG, confira e participe conosco...

    http://universodosleitores.blogspot.com.br/2013/08/sobre-nos-tag-7-coisas-que-eu-gosto.html

    Bjs :)

    ResponderExcluir
  26. Há muito tempo que ouvi falar dessa série, que tem sido considerada uma das melhores séries nacionais da era recente. Tenho muita vontade de ler, ainda mais agora sabendo que cada livro é escrito de forma diferente, enfocando nas várias faces do conflito. Tá na minha lista, com certeza! Ótima resenha, parabéns!

    Abraços!

    Peças de Oito

    ResponderExcluir
  27. Oi adorei.. muito obrigado, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda ela traz o universo de fundo..abraços. www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir

Críticas são importantes, até mesmo as negativas! Então, não deixe de criticar por aí!