27 de agosto de 2013

Falando sobre filmes: Círculo de Fogo

E aí pessoal, beleza? 
Depois de um tempo só falando sobre filmes baseados em gibis, trouxe um filme que me surpreendeu, mas não foi pouco, foi muito! Vim falar do Círculo de Fogo para vocês!


Círculo de Fogo é um filme de ação e ficção-científica sendo dirigido, produzido e com participação no roteiro, pelo inovador diretor mexicano, Guillermo del Toro (Mama), escrito oficialmente por Travis Beacham (Fúria de Titãs) e música de Ramin Djawadi (Game of Thrones). O filme foi desenvolvido para exibições em 2D, 3D e 3D IMAX, tendo estreado a um certo tempo nos EUA, 12 de julho, 18 de julho em Portugal e apenas agora no dia 9 de agosto no Brasil. 
O enredo é contado de uma forma diferente, pois é narrado como tudo começou, e ai chega na história atual, então pode ser um pouco mais longo que o normal, mas vamos lá.
Tudo começa em São Francisco, lugar que sofre um ataque de um estranho e desconhecido, monstro gigante que foi abatido após 6 dias de ataque. Esses monstros foram apelidados de Kaiju. Logo após isso, descobriu-se que havia uma fenda no Oceano Pacífico de onde os monstros vinham e a explicação era a seguinte: a fenda era um portal que cria uma conexão com um outro planeta que, da mesma forma que o nosso, era abitado. Percebendo que os ataques não iriam parar tão cedo, o mundo entrou em acordo, todas as nações se uniram para que os monstros pudessem ser derrotados, e assim foram criados os Jaegers, robôs gigantes dos quais só poderiam ser controlados por duas pessoas compatíveis uma com as outras, assim, elas dividiriam as emoções, lembranças, dores, tudo para que se tornassem um só. Após muitas lutas de Jaegers e Kaijus serem bem sucedidas, a história se enfoca em um homem, Raleigh Antrobus (Charlie Hunnam, Hooligans). Raleigh e seu irmão são dois controladores de Jaegers, um dia são chamados para enfrentar um Kaiju mas infelizmente a missão sai errada, o irmão de Raleigh morre e este sofre um dano no braço esquerdo e caminha com seu Jaegers para se salvar, abortando a missão. Após anos, Raleigh, pelo dano sofrido na última missão, se torna um construtor mas é chamado novamente pelo seu ex-chefe, o militar Stacker Pentecost (Idris Elba, Ladrões) dizendo que os Kaijus estão cada vez mais fortes, e que ele precisa dos melhores ao seu lado, e Raleigh está entre esses.
Até agora você deve estar pensando algo do tipo: Ah, legal mas é aquela história que só existe pra explicar o porquê de um monte de robôs batendo em um monte de monstros. Negativo. O enredo de Círculo de Fogo parece simples, porém não é. A história em si não tem segredo mas os detalhes impressionam. O número de detalhes e explicações para a conexão neural entre os dois pilotos dos Jaegers é impressionante, eu expliquei mas bem por cima porque eu não quero que vocês saibam tudo sobre o filme, pois assim não tem graça. Sem contar que há mais detalhes por trás dessa história de invasão, mas pra saber mais, vocês vão ter que assistir o filme. Há personagens carismáticos, não apenas os dois citados no enredo, há aqueles que você gosta, se irrita e acha engraçado. A atuação dos atores é mediana tanto porquê não há muito como impressionar em um filme do estilo e a música é muito boa! Sim, você vê o filme e sente que há apenas uma, não há, mas a música tema é impressionantemente viciante. Ela toca em todas as lutas e combina, é orquestral e você sai do cinema pensando nela ainda, muito boa mesmo!


Agora eu quero falar um pouco sobre as lutas. Muitas pessoas tem medo desses filmes, acham que vão ser ruins por não terem história ou que vão enjoar por só haver luta em todo o momento. Muito pelo contrário, o filme dá um enfoque enorme para a história, detalha muito mas não esquece da ação, ou seja, sabe balancear perfeitamente as lutas e te deixa intrigado com a história. Sem contar que as lutas são sensacionais! Não tem palavras para descrever, sério! Os efeitos especiais são um dos melhores que eu já vi na minha vida, comparáveis ao nível de Avatar e os mesmo são essenciais para que todas as cenas de batalha, tornem-se mais incríveis a cada uma que passa. Só vendo o filme para entender como esse efeitos são!
Eu vi muitas pessoas se questionando do porquê o filme se chama Círculo de Fogo, ou Pacific Rim (em inglês). Isso é uma questão de cultura, pra falar a verdade, o nome vem de algo que já se discutiu bastante no mundo. Mas é o seguinte, no Pacífico, há uma área com grandes índices de terremotos e atividades vulcânicas, logo ao norte. Esta localização é chamada de Círculo de Fogo do Pacífico, ou, Anel de Fogo (Rim, do inglês, significa "aro" ou "anel") e ela possui 40.000 km de extensão, sem contar que em muitas partes, há trincheiras ou fendas, que no caso do filme, é de onde os Kaijus saem para atacar as cidades.
O filme foi uma homenagem declarada aos Tokusatsu. O que é isso? Te explico também. Tokusatsu é um gênero de cinematográfico ou série de TV, essas que são os bons e antigos programas japoneses. Sim, Power Rangers, National Kid, Ultraman, Ultraseven, Jaspion, entre outros, são programas japoneses do genero Tokusatsu, e os monstros de todos esses programas, possuem um nome técnico dado de Kaiju, o mesmo nome dos monstros do filme, e que significa "besta estranha" ou "animal incomum", e só para dizer que vocês conhecem algum Kaiju eu falo vários para vocês: Godzilla, Mathra, Gamera,  King Ghidorah e o também amado King Kong. Eu sei que os demais, tirando King Kong e Godzilla vocês não devem conhecer de nome, mas se procurarem alguma foto na internet, vocês vão ver que a maioria deve conhecer. Sem contar que há outras indicações de ser uma homenagem: nos Jaegers, que são como os famosos Megazords dos Power Rangers, os pilotos são alojados na cabeça do rob, igual ao gigante dos Rangers. E também há a luta principal que, por coincidência ou não, ocorre em Tóquio. Se isso não foi uma homenagem as séries japonesas antigas, eu não sei o que é.
Círculo de Fogo rendeu cerca de 190 milhões de dólares, um ótimo orçamento, porém o filme foi super caro para ser feito, tendo custado cerca de 345 milhões de dólares, ou seja, ele nem se pagou até o momento, sendo considerado um fracasso de bilheteria, mas não emplica que o filme seja ruim. Normalmente, não sempre, isso se deve a má divulgação do filme, não recebe a propaganda adequada e abaca não rendendo o esperado, sem contar com as notícias que ja avisavam o fato do filme ter sido um fracaço nos EUA, isso trás uma má imagem ao filme. Círculo de Fogo é um bom filme de ação, contendo um enredo diferente e, querendo ou não, inovador.
É ideal para os fãs de séries japoneses e aqueles que curtem uma ficção-científica decente e obrigatório, para aqueles que querem ver, se assistir no cinema em 3D e, se possível, em IMAX! A maior parte dos detalhes é captada por esse tipo de tecnologia e você vai curtir se ver em bluray com um home theater bom, mas vendo no cinema, a diversão aumenta infinitamente!
Espero que tenham gostado e que assistam ao filme! rs
Um abraço à todos e até a próxima,
Arthur Lopes.

17 comentários :

  1. Olha, legal, mas sinceramente, morro de medo de filmes assim.
    Valeu!
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da postagem. Assisti o filme, achei muito bom, mas achei tambem que havia algumas cenas de humor desnecessarias e forçadas, o que não desmerece nenhum pouco o filme. Gostei muito do final tb em que o que td mundo espera de um romance mela cueca não acontece. Enfim, parabéns, adorei sua publicação! :D

    ResponderExcluir
  3. Me parece ser muito BOM adorei a dica!

    A resenha no blog hoje é sobre um secante de esmalte vai conferir =)

    Beijoss *-*

    ==> Blog Mundinho da Pâm

    ResponderExcluir
  4. Olá! O filme parece ótimo, fiquei bem interessada. Gosto de tramas no estilo e meu namorado também. Vou procurar!

    Abraços, Isabela.

    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  5. Arthur, adorei essa resenha. Particularmente eu não tava dando nada por esse filme, mas me parece que bem agradável de assisti, irei na verdade, com certeza. :)

    muchachoonline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Parece ser bom, fiquei com vontade de assistir!
    Beijos ;*

    www.blogmaisglamour.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que legal! Fiquei curiosa, vou ver se assisto :D
    Isabela

    ResponderExcluir
  8. Vou procura-lo , gosto de filmes desse tipo :)

    etendenciabebe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Parece ser bem legal *u*
    tips-foryou.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Já ouvi falar super bem, mas não faz meu estilo de filme :(

    Beijão da Pretinha

    http://pretapretinhablog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Gosto muito desse estilo de filme e tô com bastante vontade de assistir Círculo de Fogo. Os últimos dias estão corridos e vão piorar por causa da Bienal, mas quando passar isso tudo, vou tentar assistir.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  12. Adoro este estilo de filme,vi ele em cartaz,mas nao assisti pois nao tinha ouvido falar nada ainda,mas agora vou tentar assistir :)

    Bjs;
    Desconstruindo Amélias

    ResponderExcluir
  13. Nossa que resenha! Tudo muito bem explicado! Agora, me senti a vontade de assistir ao filme. Vou ver se consigo ver nesse fim de semana.


    Lucas / Carpe Liber
    livrosecontos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Apesar de são ser muito o estilo se filme que gosto, me pareceu realmente interessante, como a maioria de ficção-científica.♥

    PiinkCookie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Não faz muito a minha cara, mas meu noivo iria adorar, haha.

    Beijocas,
    www.segredosentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Hoje Círculo de fogo é meu filme favorito, assisto varias vezes, e atualmente ele alcançou mais de 400 milhões de dólares no mundo inteiro, e é quase certo que vai haver continuação.

    ResponderExcluir

Críticas são importantes, até mesmo as negativas! Então, não deixe de criticar por aí!